SISTEMA DE CONTROLE INTERNO MUNICIPAL

O Sistema de Controle Interno Municipal-SCIM é um programa de apoio destinado a produzir os relatórios exigidos pelos Tribunais de Contas Estaduais e auxiliar as atividades de fiscalização e orientação da Controladoria Municipal. O SCIM, juntamente com o controle externo exercido pelos Tribunais de Contas podem auxiliar a respectiva Câmara Municipal na fiscalização do cumprimento das normas legais, especialmente as da Lei Complementar nº 101/00, a LRF.

A utilização plena do Sistema de Controle Interno Municipal-SCIM com as adaptações necessárias e a manutenção constante, constituí em peça fundamental para a realização de gestões responsáveis e transparentes.

O sistema é dividido em cinco opções, contendo três módulos básicos e distintos que permitem:

· a realização de levantamentos do funcionamento dos diversos setores da administração;
· o levantamento de dados estatísticos da situação econômico financeira desde a arrecadação municipal até a elaboração dos balanços
· a avaliação e auditoria dos demonstrativos de execução contábil e balanços;
· a avaliação dos programas de planejamento e sua execução.

As principais opções do SCIM são:

· Parâmetros: cadastramento de usuários e funcionalidades do sistema;
· Cadastros: manutenção dos cadastros básicos de assuntos, unidades responsáveis e níveis de informação;
· Avaliação: manutenção de questionário, programação de serviços e impressão de relatórios;
· Auditoria: manutenção de itens, programação de serviços e impressão de relatórios;
· Dados: levantamento das quantificações disponíveis que se constituem em base para o conhecimento da realidade em sistemas de contabilidade, arrecadação e pessoal compatíveis com o da empresa.

O SCIM é totalmente parametrizável, visando adaptar-se às situações e peculiaridade de cada usuário, com relação à:

· Usuários: livre cadastramento de usuários e permissões de acordo com as unidades responsáveis;
· Avaliação: inclusão, exclusão e alteração a qualquer momento de quesitos a serem utilizados na avaliação por assuntos e unidades;
· Auditoria: inclusão, exclusão e alteração a qualquer momento de itens a serem examinados nas verificações, por assuntos e unidades.
· Níveis: cadastramento de níveis para as avaliações e auditorias, permitindo gerar relatórios só de determinado nível, por assuntos, unidades responsáveis e ainda só de irregularidades constatadas com respectivas recomendações ou completo.